Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2018 Conselho de Segurança Pública inspeciona Penitenciária de Segurança Máxima
25/01/2018 - 15h55m

Conselho de Segurança Pública inspeciona Penitenciária de Segurança Máxima

Vistoria teve o intuito investigar e cumprir o regimento das atividades da entidade

Conselho de Segurança Pública inspeciona Penitenciária de Segurança Máxima

Principal intuito da visita foi obter informações sobre o caso que envolveu policiais militares na entrega de lanches no sistema (Foto: Ascom Conseg)

Ascom Conseg

O Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg) realizou na tarde desta quarta-feira (24), uma inspeção nas unidades da Penitenciária de Segurança Máxima, situada no Complexo Penitenciário, em Maceió. O principal intuito da visita foi obter informações sobre o caso que envolveu policiais militares na entrega de lanches no sistema prisional.

De acordo com o presidente em exercício, Antonio Carlos Gouveia, o colegiado se mantém firme no propósito de acompanhar e instruir o procedimento de investigação. “A nossa missão é ser ágil para apresentar para sociedade alagoana a resposta que ela busca. Neste primeiro momento nós já providenciamos o afastamento de policiais militares envolvidos no serviço de delivery e também estamos acompanhando junto a Corregedoria da Polícia Militar a continuidade deste processo”, afirmou Gouveia.

Na oportunidade, o presidente do Conseg junto aos representantes da direção da Penitenciária de Segurança Máxima escutou o detento beneficiado pelo serviço de delivery, e em seguida representantes de cada módulo tiveram a oportunidade de expor e sugerir ações de melhorias no complexo.

01

“Nós aproveitamos essa vistoria para verificar em loco a realidade do sistema prisional, observando os prontuários, a forma de controle, trazendo não só a inspeção do fato ocorrido, mas também como forma de cumprimento do regimento das atividades do Conselho de Segurança que é inspecionar toda estrutura que integra a segurança pública”, complementou.

Atualmente, a Penitenciária de Segurança Máxima possui 983 presos. Durante a inspeção também ficou acordado que após 40 dias o Conseg irá retornar ao sistema prisional para verificar se as constatações foram ajustadas de acordo com as propostas que foram sugeridas. 

O secretário da Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social, coronel Marcos Sérgio de Freitas, reitera a transparência na gestão prisional e o  compromisso do Estado para atender aquilo que preconiza a Lei de Execução Penal e avançar ainda mais com as práticas ressocializadoras.

“A visita do presidente do Conseg, Antônio Carlos Gouveia, é de extrema importância para fortalecer a gestão prisional. Firmamos um compromisso: manter a ordem e disciplina nos presídios, prezando  sempre pela ética e transparência em nossas ações. É com a participação dos representantes da sociedade civil que fomentamos as práticas ressocializadoras e mantemos Alagoas uma referência em gestão prisional”, salienta.

O Conseg possui oito comissões com diversos componentes entre os 13 que integram a entidade. A visita também contou com o acompanhamento do promotor de justiça, conselheiro e relator do processo de investigação do caso do delivery, Geraldo Magela.

 

 

Ações do documento

Galeria de Fotos

ouvidoria.jpg

169bannerdados.png